Guilherme Delgado

Lí o texto. Gostei das três partes -das Relações Executivo -Legislativo e da problemática do capitalismo, estamos no geral de acordo. A terceira parte Um outro Mundo è Possível, penso que aí está o nó da situação. Concordo que não adianta ficar falando de ‘socialismo” nem de “revolução’ pelo significado ambíguo percebido por estas expressões, especialmente ao longo do Sec. XX. Mas nós precisamos sair do impasse semântico e comunicar “a boa nova” da esperança de um novo mundo de justiça e liberdade nos marcos históricos de um mundo pós-capitalista. Talvez ai possamos encontrar a linguagem, mais até do que os conceitos, para comunicar algo novo, que nós não sabemos direito como é, mas que precisará penetrar na mentes e corações e animar as pessoas a crerem numa nova utopia. Talvez o mote de proximidade com a realidade é o fato de que as muitas crises econômicas que o capitalismo mundial produzirá ao longo da próximas décadas, de consequências devastadoras para a vida das pessoas, precisam ser respondidas por algum projeto de re-tecitura social. Como fazer isto – precisamos refletir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: