Archive for junho, 2016

14/06/2016

Tentando superar a perplexidade – Chico Whitaker

 

São muitos os que no Brasil de hoje – entre os que leem jornais ou seguem os noticiários na televisão – vivem um sentimento de perplexidade diante dos acontecimentos políticos. Os filiados a partidos ou que integram grupos organizados ou movimentos tem em quem se apoiar para sair da imobilidade em que toda perplexidade nos joga. Mas mesmo que muita gente vá às mobilizações convocadas, ainda restam muitos que não conseguem saber para onde se mover.

Não é para menos. Em 2015 houve eleições, mas os que foram derrotados não aceitaram os resultados eleitorais para a Presidência da República. E imediatamente começaram a construir condições que pudessem revertê-los, ainda que tivessem que chegar a atropelos constitucionais.

Mas bem mais de um ano antes começaram a ser descobertos incríveis “esquemas” de corrupção, em número e dimensão muito acima do que podia imaginar um cidadão comum. E eis que recentemente o surgimento de gravações inesperadas misturou os dois processos, desnudando o real interesse de muitos dos que participavam do desmonte político do governo eleito. O que os movia não era a contestação dos resultados eleitorais mas o medo de serem envolvidos nas descobertas relativas à corrupção.

read more »

Anúncios
06/06/2016

Porque a corrupção? Chico Whitaker

Porque a corrupção?

Chico Whitaker

 

“O menino será enterrado neste sábado (4). Um dia antes, a família gastou R$ 628 com caixão e coroa de flores. “O último dinheirinho que a gente tinha”, afirmou a mãe do menino”. (Cotidiano da Folha de São Paulo de 4 de junho de 2016, em matéria sobre o menino de 10 anos morto pela PM no dia anterior)

 

Vivemos hoje no Brasil uma grande tomada de consciência de como a corrupção se espalhou pelo país. As “operações” da Lava Jato nos surpreendem a cada dia com novas revelações sobre esquemas e esquemas montados para desviar dinheiro público em benefício próprio. Ao mesmo tempo somos surpreendidos com informações como a de salários acima de todos os tetos estabelecidos, recebidos tranquilamente por funcionários do Estado porque não há lei nenhuma que os impeça, esperteza que corresponde a mais uma das muitas formas de corrupção.

Mas o problema não é somente brasileiro: no mundo inteiro, até nos chamados “países desenvolvidos”, a corrupção corre solta. Muita gente não pode senão se perguntar: é possível acabar com esse mal que parece ser universal?

read more »