Archive for julho, 2019

31/07/2019

Conto fantástico com final feliz – Chico Whitaker

I – A invasão

Um estranho Exército de doentes mentais, criminosos e oportunistas de repente invadiu aquele pais de clima ameno, convívio fácil entre seus habitantes e cheio de promessas. A força invasora surgiu de dentro do próprio país e se apropriou de todos os espaços do poder político logo que se divulgaram os resultados eleitorais,  sem perder tempo. Seu chefe era um malfeitor ignorante e violento, que conseguiu ser eleito Presidente da República graças a um atentado forjado, que levou as pessoas desavisadas a se condoerem dele e permitiu que não sofresse desgaste em debates entre candidatos. Pouco depois de empossado, viajou ao país que mais admirava e a cuja bandeira batia continência e declarou, ao primeiro grupo de políticos e empresários que encontrou, que sua primeira missão era a de destruir seu próprio país. E seu Ministro da Economia, recrutado entre economistas enriquecidos com especulações nas Bolsas, completou: “venham logo, estamos vendendo tudo”.

O Presidente tinha sido expulso da corporação militar quando oficial de baixa patente, mas continuou fiel ao anti-comunismo primário que na Guerra Fria movia essa corporação. E, como toda personalidade psicopática,

read more »

06/07/2019

Chernobyl e Angra dos Reis – Chico Whitaker

A minissérie Chernobyl, na HB0, impactou. Obrigando o Presidente da Eletronuclear a dizer, na Folha de São Paulo de 23/06, que os reatores brasileiros são menos perigosos, que há acidentes como esse “a cada milhão de anos”, que o medo “amplifica a percepção dos reais riscos”. Mas a culpa é do reator? E quantos anos separam os acidentes de Three Mile Island, Chernobyl e Fukushima (1979, 1986 e 2011)?

Para ele o medo do nuclear se deve ao “pior marketing da historia”, feito pela bomba de Hiroshima. Mas o que há de fato é outro tipo de medo: o do negócio nuclear ser bloqueado pela desaprovação social. O programa Átomos para a Paz de Eisenhower foi pensado por marqueteiros? Porque se se passou a falar de energia nuclear em vez de energia atômica?

Somos muito mal-informados sobre a tecnologia nuclear. E o Presidente da Eletronuclear a simplificou

read more »